QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR

ANÁLISES A ALIMENTOS

Bebidas.
Carne e derivados.
Carne enchidos.
Cereais e grãos.
Ovos.
Confeitaria, doces, frutos secos, condimentos, especiarias.
Pescado e derivados.
Leite e derivados.
Derivados enlatados.

 

Conservas.
Óleos e gorduras.
Água.
Frutas e vegetais.
Ingredientes e aditivos.
Alimentação para animais.
Produtos acabados.
Materiais em contacto com produtos alimentares.

MONITORIZAÇÃO DE SUPERFICIES

Equipamentos.
Produtos em contacto com superfícies.
Pavimentos.
Paredes.
Sistemas de drenagem.
Mãos de manipuladores.

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AR INTERIOR E EXTERIOR

Análises às emissões gasosas.
Análises aos condensados de sistemas de climatização.
Qualidade microbiológica do ar ambiente.
Análises da água de torres de arrefecimento e refrigeração.
Identificação de espécies de bactérias e fungos incluindo a Legionella sp.

ANÁLISES A ÁGUAS DO PROCESSO DE FABRICO

A água poderá ser uma das principais fontes de contaminação no processo de fabrico de produtos alimentares muitos vezes usada como componente do processo de fabrico. Dai a importância de se aferir a sua potabilidade.

Realizamos:

Análises microbiológicas.
Análises físico-químicas.
Deteção de vírus.
Análises à Legionella.

IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS (HACCP) (Hazard Analysis and Critical Control Points)

O sistema causa tem como objetivo a identificação e monitorização de perigos alimentares, como por exemplo, riscos biológicos (bactérias, fungos, vírus e parasitas), riscos químicos (metais pesados, toxinas bacterianas e micotoxinas) ou riscos físicos (areias, vidro, fragmentos metálicos, resíduos das embalagens utilizadas).
A sua não implementação poderá colocar em causa a segurança alimentar nas empresas de fabrico e/ou manipulação de produtos alimentares.